Comando para Ignorar Faixa de Opções Ir para o conteúdo principal

Encontre produtos por:

Encontre uma revenda

Perfil

Início > Produtos > Arame para Arco Submerso

Arame para Arco Submerso

Benefícios

    • Soldas de excelentes propriedades mecânicas e alta confiabilidade.
    • A composição química ajustada para garantir ótima soldabilidade e acabamento.
    • Qualificações e certificações com diversos fluxos do mercado. 
    • Diversas aplicações de soldagem de aços ao carbono e baixa liga.
    •  Aço de alta qualidade.
    •  Variedade de produtos e embalagens.

Descrição

​O Arame para Arco Submerso da Belgo Bekaert Arames é o produto mais confiável do mercado de soldas de grande responsabilidade. Disponível em diversas especificações, é fabricado sob os mais rigorosos critérios de qualidade. Suas principais aplicações são na soldagem de aços ao carbono e baixa liga utilizados em caldeirarias, na fabricação de tubos, containeres e estruturas metálicas entre outras aplicações.

Aplicações

Estrutura Metálica; Cilindro; Navios e Plataformas; Tratores; Soldagem; Caldeirarias; Torres Eólicas; Equipamentos Pesados; Compressores; Fabricação de Dutos

Características

Baixo Teor de Carbono (BTC); Baixa Liga; Homologação Naval; Alta Resistência; Cobreado; Certificação FBTS
ARAMES PARA SOLDAGEM AO ARCO SUBMERSO DOS AÇOS AO CARBONO E DOS AÇOS BAIXA-LIGA
 
Especificações
Classificação
Composição Química do Arame (%)
Aplicação
Tipos de Fluxo Utilizados
Comercial
Normas
BMAS 121
AWS 5.17
EL12
C: 0,04 a 0,14
Si: 0,1 máx.
Mn: 0,25 a 0,60
P: 0,030 máx.
S: 0,030 máx.
Cu: 0,35 máx
- O BMAS 121 é um arame cobreado de baixo teor de manganês, para a soldagem ao arco submerso de aços ao carbono em geral, tais como:
SAE 1010/1020; ASTM A36, A285-C, A515-60, A516-55/60.
- Pode ser utilizado em passes simples ou múltiplos, dependendo do fluxo utilizado.
- Aplicável na soldagem de estruturas metálicas, caldeiraria em geral, recuperação de partes rodantes de equipamentos de terraplanagem, etc
 
Ativo: para aplicações em passes simples ou múltiplos (no caso de passes múltiplos, observar a recomendação do fabricante do fluxo, quanto a espessura máxima a ser soldada).
Neutro: para aplicações gerais, especialmente na soldagem multipasses, normalmente sem limite de espessura.
Outros: para aplicações especiais, podem ser utilizados fluxos ligados ou ainda com adição de  pós-metálicos
 
BMAS 122
 
AWS A5.17
EM12K
 
C: 0,05 a 0,15
Si: 0,1 a 0,35
Mn: 0,8 a 1,25
P: 0,030 máx.
S: 0,030 máx.
Cu: 0,35 máx.
-
O BMAS 122 é um arame cobreado de médio teor de manganês para
a soldagem ao arco submerso de aços ao carbono em geral, tais como:
A515-65, A516-65.
- Aplicável na soldagem de estruturas metálicas de média e alta resistência, vasos de pressão, plataformas marítimas, navios, etc.
- Pode ser utilizado em passes simples ou múltiplos, dependendo do fluxo utilizado.
 
 
BMAS EM13K
 
AWS A5.17
EM 13K
 
C: 0,06 a 0,16
Si: 0,35 a 0,75
Mn: 0,9 a 1,4
P: 0,030 máx.
S: 0,030 máx.
Cu: 0,35 máx
 
- O BMAS EM13K é um arame cobreado para a soldagem de aços ao carbono, tais como: A515-70, A516-70.
- Os teores de manganês e silício, mais elevados que nos arames BMAS 121 e BMAS 122, tornam o BMAS EM13K aplicável com maiores velocidades de soldagem, mesmo sobre chapas com moderada oxidação
e impurezas.
- Aplicável na soldagem de estruturas metálicas de alta resistência, plataformas marítimas, navios, pontes, etc.
- Pode ser utilizado em passes simples ou múltiplos, dependendo do fluxo utilizado.
 
BMAS 129
 
AWS A5.23
EG
Típica
 
C: 0,08
Si: 0,3
Mn: 0,5
 
Cr: 0,5
 
Ni: 0,5
Cu: 0,5
- Arames cobreados, ligados com cromo, níquel e cobre, indicados para a soldagem de aços baixa liga patináveis (aços resistentes à corrosão provocada pelas intempéries ambientais, mesmo em ambientes industriais), tais como: SAC300 (SAC41); SAC 350 (SAC50); Cortem;
ASTM A588, A572, A242, etc.
- Aplicável na soldagem de estruturas metálicas em geral, pontes, silos
de armazenamento, entre outras construções metálicas.
- Pode ser utilizado em passes simples ou múltiplos, dependendo do fluxo utilizado (normalmente fluxo neutro
 
BMAS EW
 
AWS A5.23
EW
 
C: 0,12 máx.
Si: 0,2 a 0,35
Mn: 0,35 a 0,65
Cr: 0,5 a 0,8
Ni: 0,4 a 0,8
Cu: 0,3 a 0,8
P: 0,025 máx.
S: 0,030 máx.
 
 
 
BMAS EB2
 
 
AWS A5.23
EB2
 
C: 0,07 a 0,15
Si: 0,05 a 0,30
Mn: 0,45 a 1,0
Cr: 1,0 a 1,75
Mo: 0,45 a 0,65
P: 0,025 máx.
S: 0,025 máx.
Cu: 0,35 máx.
 
-O BMAS EB2 é um arame cobreado ligado ao cromo e molibdênio, para a soldagem ao arco submerso de aços baixa liga, tais como: ASTM
A182-F11/F12, A217-WC6, A387-gr 2-11-12, etc.
- Aplicável na soldagem de dutos e vasos de pressão submetidos a elevadas temperaturas; recuperação/enchimento de cilindros e em diversas aplicações estruturais em aços de alta resistência.
- Pode ser utilizado em passes simples ou múltiplos, dependendo do fluxo utilizado (normalmente fluxo neutro).
 
 
 

Soluções de Arames

Enchimento de rolos de material rodante de tratores.

Arame para arco submerso BMAS 121 (EL12) mais fluxo adequado para atingir a dureza desejada.

Roletes recuperados com alta qualidade e durabilidade.

Comparativo de produtos
Tel: 0800 727 2000
Belgo Bekaert Arames e BMB-Belgo-Mineira Bekaert - parcerias dos grupos ArcelorMittal e Bekaert